Aba 1

REVISÕES E ESTUDOS

Postado em 22 de Agosto de 2017 às 13h02

Colágeno: o nutricosmético mais procurado!

O colágeno é uma das proteínas mais abundantes do corpo. Porém, com o passar dos anos sua produção pelas nossas células diminui, aparecendo algumas alterações como por exemplo, problemas articulares, flacidez e rugas.

Além disso, ao envelhecermos diminuímos nossa capacidade de regeneração e de defesa contra radicais livres, que podem ser gerados pelo stress, poluição, má alimentação, cigarro, privação de sono e consumo exagerado de bebida alcoólica. Como resultado, nosso organismo começa a diminuir a produção de colágeno e elastina, há perda de proteínas da matriz extracelular, acarretando em menor hidratação, firmeza e elasticidade da pele.

Há então, a necessidade do que chamamos de Nutrição IN & OUT (dentro e fora), através de uma boa alimentação, nutricosméticos de qualidade, as famosas “pílulas da beleza”. A maioria das pessoas já faz uso de produtos cosméticos para a pele, porém nem sempre possuem uma nutrição equilibrada ou fazem uso de nutricosméticos. Cuidando somente da nutrição OUT.

O colágeno é um dos nutricosméticos mais procurados por ter sua produção diminuída quando envelhecemos. Para que possamos otimizar a absorção do colágeno, ele é indicado na forma de peptídeo (fragmentos de proteína de baixo peso molecular, o que facilita a sua absorção), juntamente com cofatores importantes para a sua síntese, como a vitamina C, o zinco e o silício.

A vitamina C é um componente antioxidante e cofator na síntese de colágeno e elastina. Já o zinco é requerido para síntese de DNA e de proteínas. O silício é um oligoelemento que atua na renovação de tecido conjuntivo, composição óssea, saúde das unhas e cabelos, hidratação da pele e também na síntese de colágeno e elastina.

A prevenção do envelhecimento e otimização da beleza, dependerá de nosso cuidado com a pele e de escolhas de hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, exercícios além de reposição de nutrientes que perdemos com a idade, através da suplementação de nutricosméticos.

Artigo escrito pela mestre em Medicina e nutricionista Ana Carolina Andretti


Referências:
1. J Agric Food Chem. 2017 Mar 22;65(11):2315-2322. doi: 10.1021/acs.jafc.6b05679. Epub 2017 Mar 8. PMID: 28244315
2. Nutr Hosp. 2015 Jul 18;32 Suppl 1:62-6. doi: 10.3305/nh.2015.32.sup1.9482. PMID:26267777
3. J Sci Food Agric. 2016 Sep;96(12):4077-81. doi: 10.1002/jsfa.7606. Epub 2016 Feb 10. PMID: 26840887
4. Crit Rev Food Sci Nutr. 2017 Jun 13;57(9):1922-1937. doi: 10.1080/10408398.2015.1038377. PMID: 25976422

Veja também

SLENDESTA™ como forma segura e eficaz na promoção da redução de peso19/03 Autora: Sheila Dana HOJE, É AMPLAMENTE RECONHECIDO QUE A OBESIDADE AFETA A SAÚDE E BEM - ESTAR, POIS A OBESIDADE ESTÁ ASSOCIADA A UM MAIOR RISCO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES, SÍNDROME METABÓLICA, HIPERTENSÃO, ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL, DIABETES, OSTEOARTRITE, APNÉIA DO SONO, VÁRIOS TIPOS DE CÂNCER E DISTÚRBIOS PSICOLÓGICOS, COMO......
PeptgenDerma 9 Colágeno com Amora com Hibisco12/04/16 Uma das principais causas do envelhecimento é a perda do colágeno pelo organismo. Os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, as articulações e os ligamentos perdem elasticidade e força motora. A......
Hibisco15/01/16 Conhecido popularmente como vinagreira, rosela, caruru-azedo, azedinha, caruru-da-guiné, azedada-guiné, quiabo-azedo, quiabo-róseo, quiabo-roxo, rosélia, groselha, quiabo-de-angola, groselheira; o hibisco é uma......

Voltar para Revisões