topo

REVISÕES E ESTUDOS

Postado em 12 de Abril de 2016 às 10h46

PeptgenDerma 9 Colágeno com Amora com Hibisco

Chá Mais | Produtos Naturais para Nutrição Clínica e Funcional em Xanxerê Uma das principais causas do envelhecimento é a perda do colágeno pelo organismo. Os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, as...

Uma das principais causas do envelhecimento é a perda do colágeno pelo organismo. Os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, as articulações e os ligamentos perdem elasticidade e força motora. A perda de colágeno ocorre a partir dos 30 anos, quando o corpo passa a perder 1% da proteína ao ano. De modo geral os estudos têm focado no uso dessa proteína para o retardamento do envelhecimento, sendo um dos alvos a ingestão do colágeno.¹

Em geral o colágeno contém cerca de 30% de glicina, 12% de prolina, 11% de alanina, 10% de hidroxiprolina, 1% de hidroxilisina e pequenas quantidades de aminoácidos polares e carregados. A glicina, prolina e a alanina são aminoácidos alifáticos e a lisina é um aminoácido com características básicas.²

O envelhecimento é um processo natural e inevitável para todos os órgãos do corpo, a pele e o colágeno nela presente é o marcador ideal da idade cronológica. A menopausa também é fator acelerador para as alterações degenerativas do colágeno dérmico e da espessura dérmica, com perda progressiva de colágeno, atingindo seu pico nos primeiros cinco anos (perda de até 30%) e depois ocorrendo perda de um a 2% ao ano; a terapia de reposição hormonal permite recuperação parcial, entretanto nem todas as pacientes podem utilizá-la.³

Um estudo visou avaliar os efeitos de um suplemento nutricional em derme humana que reuniu estas três moléculas de ação sinérgica: peptídeo de colágeno, Vitamina C e Hibiscus sabdariffa. Trata-se de estudo não invasivo, que permitiu através da avaliação ultrassonográfica a comprovação dos sinais percebidos pelas pacientes. Ao lado da melhora progressiva e significativa da firmeza, elasticidade e hidratação cutâneas, houve aumento real e mensurável da espessura dérmica, em duas áreas faciais: malar, em que houve aumento de 17% da espessura, e submentoniana, com aumento da espessura de 18,8%. Este último dado é de especial interesse, visto que essa área é mais complexa para tratar a flacidez.³

Podemos concluir que o uso diário de um suplemento nutricional contendo peptídeos de colágeno, Vitamina C e Hibiscus sabdariffa promove aumento significativo da espessura dérmica nas áreas da face (malar e submentoniana) com repercussões positivas na avaliação de firmeza, elasticidade e hidratação cutâneas.

Referencias:

1.DUARTE, F. O. S. Propriedades funcionais do colágeno e sua função no tecido muscular. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Escola de Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás. Goiânia, 2011. 

2.PRESTES, R. C. Colágeno e seus derivados: características e aplicações em produtos cárneos. Universidade Federal de Santa Maria, Departamento de Tecnologia e Ciência dos Alimentos, RS. UNOPAR. Cient Ciênc Biol Saúde; vol. 15, no. 1, 2013. 

3.Alvim Sant’Anna Addor, Flávia. Influência de um suplemento nutricional com peptídeos de colágeno nas propriedades da derme Surgical & Cosmetic Dermatology, vol. 7, núm. 2, 2015, pp. 116-121. Sociedade Brasileira de Dermatologia, Rio de Janeiro, Brasil.

Veja também

Lecitina de soja: a estratégia natural contra a dislipidemia18/09 Nutrientes são necessários para o desenvolvimento e crescimento dos indivíduos. No entanto, uma nutrição preventiva pode proteger, minimizar ou mesmo protelar riscos a saúde que podem ser causados por predisposições genéticas, maus hábitos alimentares e até agressões do meio ambiente. As evidências epidemiológicas......
Chia e a Riqueza de sua Semente!27/03 A Salvia Hispanica L, popularmente conhecida como chia, é uma planta herbácea cultivada semestralmente, categorizada de acordo com a família das lamiáceas, divisão da magnoliophyta, do reino Plantae. Proeminentemente......
O uso Excessivo de Sódio e Estratégias para Redução do consumo!18/01 A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é caracterizada por uma elevação da pressão arterial e é identificada no indivíduo quando os níveis de pressão estão iguais ou superiores a 140......

Voltar para Revisões